sábado, fevereiro 24, 2024
Notícias

Refis: última semana para quitação de débitos

O Programa de Recuperação Fiscal (Refis) segue ativo até o dia 22 de dezembro deste ano. É a oportunidade para o contribuinte quitar dívidas e evitar sanções.

Os descontos podem chegar a 100%, com parcelamentos em até 84 vezes. As dívidas alcançadas pelo programa se referem a débitos vencidos até 31 de dezembro de 2021.

O programa evita medidas de cobrança extrajudicial, como protesto, e judicial, a partir do ajuizamento de ação de execução fiscal, nele compreendendo atos de penhora e expropriação de bens.

“O objetivo principal do Refis é promover a regularização de dívidas de ICMS que foram contraídas nos últimos anos e, que, por algum motivo, não conseguiram ser pagas até o presente momento. Os descontos concedidos pelo programa são um auxílio governamental para que esses contribuintes possam voltar a ter saúde financeira, gerando riqueza e renda para o Estado do Acre”, reforça o procurador chefe da Coordenadoria da Dívida Ativa e da Execução Fiscal, Rafael Pinheiro.

A adesão ao Refis pode ser formalizada nos guichês de atendimento da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), em Rio Branco e nos municípios, ou na Procuradoria Geral do Estado (PGE), presencialmente, em Rio Branco, no endereço Av. Getúlio Vargas, nº 2820, Bosque.

A Procuradoria criou outros canais para facilitar o acesso ao Programa, como pelo e-mail: atendimentopge@gmail.com, telefone 68 3223-3714, whatsapp 68 3215-3310.

Aproveite os descontos

Contribuinte normal:

– Redução de 95% (multas e juros) para pagamento em parcela única;
– Redução de 85% (multas e juros) para pagamento em 12 parcelas;
– Redução de 80% (multas e juros) para pagamento em 24 parcelas;
– Redução de 75% (multas e juros) para pagamento em 36 parcelas;
– Redução de 70% (multas e juros) para pagamento em 60 parcelas;
– Redução de 65% (multas e juros) para pagamento em 84 parcelas.

Simples Nacional:

– Redução de 100% (multas e juros) para pagamento em parcela única;
– Redução de 90% (multas e juros) para pagamento em 12 parcelas;
– Redução de 85% (multas e juros) para pagamento em 24 parcelas;
– Redução de 80% (multas e juros) para pagamento em 36 parcelas;
– Redução de 75% (multas e juros) para pagamento em 60 parcelas;
– Redução de 70% (multas e juros) para pagamento em 84 parcelas.